Conheça a CIPA e entenda para que serve

Compartilhar:

Categorias:

Publicado por Agência Conteúdo em

Regulamentada pela NR-05, a CIPA possui a missão de promover a permanente melhoria das condições de Saúde e Segurança do Trabalho dentro da empresa tornando o ambiente de trabalho saudável e seguro.

CIPA significa Comissão Interna de Prevenção de Acidentes e tem em vista a prevenção de acidentes e doenças relacionadas no trabalho, busca harmonizar o trabalho e a prevenção da vida e saúde dos trabalhadores.

Quais as atividades principais da CIPA?

A CIPA tem como objetivo à prevenção de acidentes e doenças ocupacionais, e auxiliar o SESMT – Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho. A diferença principal entre esses dois órgãos internos da empresa consiste no fato de que o SESMT é composto exclusivamente por profissionais especialistas em segurança e saúde no trabalho, enquanto a CIPA é um comitê partidário constituída por empregados normalmente leigos em prevenção de acidentes.

Saiba o que é a SIPAT e sua relação com a CIPA

A Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) é um evento obrigatório segundo a legislação trabalhista brasileira. A SIPAT deve ser organizada uma vez por ano pela CIPA em conjunto com o SESMT – se houver – com o objetivo de conscientizar os empregados sobre a importância dos cuidados com à saúde e segurança no trabalho e a prevenção de acidentes.

Durante a SIPAT atividades de conscientização devem ser realizadas com os empregados, focando um ou mais temas que envolvam saúde e segurança no trabalho. Palestras, avaliações com médico especialista, gincanas e treinamentos são algumas das atividades que podem ser realizadas durante essa semana.

Importância da CIPA

Para que a CIPA seja realmente eficaz é essencial que os membros atuem constantemente para a criação de medidas de segurança e valorização à vida do trabalho, estejam sempre atentos às necessidades dos colaboradores e se reúnam periodicamente para debater as ações que devem ser desenvolvidas.

Quando o trabalho da CIPA é bem desenvolvido o número de acidentes da instituição diminui consideravelmente, à credibilidade da empresa aumenta e à qualidade da prestação de serviços cresce junto com à qualidade de vida dos profissionais.

Como a CIPA é constituída nas empresas?

A CIPA é constituída por representantes indicados pelo empregador e eleitos pelos empregados. Estes representantes eleitos possuem uma estabilidade de dois anos a partir da data de sua posse.

Quando, por ser de pequeno porte, a empresa não for obrigada a constituir uma CIPA o empregador deverá designar um funcionário para atender as exigências da NR-05.

Os representantes dessa comissão deverão participar do CURSO DA CIPA e realizar uma reunião mensal onde serão discutidos os diversos temas relacionados a Segurança e Medicina do trabalho dentro da empresa.

A Labore Consultoria presta toda a assistência necessária ao processo de eleição, treinamento, implantação e acompanhamento da CIPA.

Agência Conteúdo

Agência Digital em Recife

Posts relacionados

Ainda não tem comentários neste post

Deixe o seu comentário