Novo calendário do eSocial traz mais tempo para todos

Compartilhar:

Categorias:

Tags:, , ,

Publicado por Otniel Barbosa em

Mais tempo para todos com o novo calendário do eSocial.

Novo calendário do eSocial

Novo calendário do eSocial

O governo federal decidiu dar mais tempo para que as empresas se preparem para o eSocial.

Modificou os prazos de implantação do eSocila.

O impacto do novo calendário do eSocial sobre micro e pequenas empresas foi imediato.

Como resultado  dessa publicação, empresários que iniciavam a adequação de Segurança e Saúde do Trabalho  (SST)  abandonaram o projeto.

“Ufaaaa… não vai ser agora…” A frase ecoou nos quatro cantos do pais. Até mesmo as grandes empresas se beneficiaram.

Veja como ficou o novo calendário do eSocial.

Calendário do eSocial é atualizado

Novo calendário do eSocial

O novo calendário do eSocial separou as empresas do grupo II em dois grupos

Empresas do simples, empregadores pessoas físicas e entidades sem fins lucrativos, agora fazem parte de um novo grupo III.

Micro Empresas (ME),  Empresas de Pequeno Porte (EPP) não enquadradas no simples e todas as demais empresas, com faturamento no ano de 2016 de até R$ 78 milhões, permanecem no antigo grupo II.

A integra da resolução CDES Nº 5 que oficializou o novo calendário do eSocial  pode ser vista clicando na imagem abaixo.

Site oficial do eSocial com a integra da midificação

Veja a integra da portaria que publicou o novo comentário do eSocial

Porém é preciso atenção.

Se sua empresa não pertencia ao SIMPLES NACIONAL em julho de 2018, para o eSocial ela estará no grupo II e consequentemente deve iniciar o envio das informações em janeiro de 2020.

Como ficam as novas empresas?

As novas empresas criadas após julho de 2018 e que já iniciarem suas atividades enquadradas no Simples Nacional devem seguir o novo calendário do eSocial como grupo III.

Assim, se em janeiro de 2020 uma empresa deixar de se enquadrar no Simples Nacional deverá consequentemente iniciar o envio dos dados de SST para o eSocial segundo o cronograma do grupo II, ou seja, em janeiro de 2020.

Mas ainda temos o grupo IV do cronograma do eSocial.

Constituído pelas empresas públicas e entidades internacionais, esse grupo finalmente deve iniciar o envio de informações de SST, ao ambiente do eSocial, apenas em janeiro de 2021.

Dessa maneira, o governo federal terminará a implantação do projeto como o conhecemos hoje.

Já diz o velho ditado “o prevenido sorri do tempo”.

Portanto, o Micro e Pequeno Empresário deverá iniciar a adequação das rotinas de Segurança e Saúde do Trabalho (SST) de sua empresa para assim atender as demandas do eSocial.

Vale lembrar que com a NDE 001/2018 V2.0 foram significativamente reduzidas as exigências de SST para esse primeiro momento do eSocial.

Portanto, escritórios de contabilidade, administradoras de condomínio, micro e pequenas empresas devem contratar uma Consultoria especializada.

A LABORE CONSULTORIA está pronta para elaborar toda a documentação exigida pelo eSocial e certamente atenderá suas necessidades.

Entre em contato e solicite um orçamento

Click aqui e deixe sua menssagem

Artigos relacionados;

eSocial do Governo Federal: Como ele atinge você.

Otniel Barbosa

Diretor da Labore Consultoria. Licenciado em Física pela UFRPE, Master Coach Integral Sistêmico pela FEBRACIS especialista em Desenvolvimento de Empresas e Carreiras, Técnico Em Segurança e Saúde do Trabalho pela ETFPE com 30 anos de atuação no mercado, Analista de Perfil Comportamental CIS Assessment, Especialista em eSocial, atualmente cursa Engenharia Mecânica pela Uninassau.

Posts relacionados

Ainda não tem comentários neste post

Deixe o seu comentário